contador de visitas

sexta-feira, fevereiro 25, 2011


Imagem do Ano


À primeira vista parece um retrato artístico de uma jovem mulher ... mas se você olhar para ver o desastre que atingiu aos 18 anos de idade a afegão Aisa Bibi.

A jovem sofreu a violência do homem que deturpou como um castigo de acordo com as ordens do líder talibã local.


A foto da mulher afegã, cujo marido cortou-lhe o nariz e as orelhas, ganhou o primeiro prémio no World Press Photo Awards 2010, um dos mais importantes prêmios do fotojornalismo.


A jovem capturado por Jodie Baimper, e a fotografia foi publicada na Time Magazine em 01 de agosto.


O júri disse que escolheu essa foto porque, embora seja chocante, ele passa um sinal sobre a violência contra as mulheres.


"É uma imagem incrivelmente poderosa", disse Ruth Eikchorn juiz, que é diretor de fotografia de revista Geo, em Hamburgo, acrescentando que passa uma mensagem forte para o público que ainda existem mulheres que vivem em condições precárias, enfrentando a violência diariamente.


"É possível, porque ela é tão digna", disse ele.


Aisa observou que vive mais tempo em os EUA e passou por cirurgia plástica para restaurá-lo.