contador de visitas

sábado, março 06, 2010



"Desde há um século, as ciências e as técnicas, em que se incluem
as ciências e as técnicas médicas, fizeram grandes progressos.
Mas, quaisquer que sejam esses progressos, se os humanos não
forem sensatos, se eles não respeitarem certas leis, de uma forma
ou de outra ficarão doentes, sofrerão e farão sofrer os outros.
Muitas pessoas, mesmo crentes, se têm indignado com a crueldade
do Deus do Antigo Testamento, do qual é dito que pune não só

aquele que transgrediu as leis, mas também a sua descendência até
à quarta geração. Pois bem, esse Deus não é senão a Natureza,
pois a Natureza não está fora de Deus, não está separada de Deus.
Deus é um pai, mas é também uma mãe severa que impõe aos seus
filhos limites que não devem ser ultrapassados. Se eles os
ultrapassam, diz-se que a Natureza os castiga; mas, na realidade,
não é assim, eles é que, ao transgredirem as leis, saíram da área
delimitada onde estavam protegidos e em segurança. Ao saírem
dessa área, criaram más condições para si próprios e para todos
os que dependem deles. E, apesar de a medicina ter feito imensos
progressos, ela é impotente em relação àqueles que se obstinam em
transgredir as leis."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

O Mestre Omraam Mikhaël Aïvanhov (1900­1986) nasceu na Bulgária. Em 1937 partiu para França, onde transmitiu o essencial do seu ensinamento. Aquilo que nos espanta, desde a primeira abordagem, na sua obra, é a multiplicidade de pontos de vista sob os quais é apresentada esta única questão: o homem e o seu aperfeiçoamento. Qualquer que seja o tema abordado, ele é invariavelmente tratado em função do homem, em função do uso que este pode fazer desse tema, para uma melhor compreensão de si mesmo e uma melhor conduta na sua vida.

A obra de Omraam Mikhaël Aïvanhov apresenta-se inicialmente como um conjunto de vários milhares de conferências e pequenas conversas improvisadas que foram estenografadas ou gravadas em bandas magnéticas audio e video. Esta obra continua em processo de edição e é proposta ao público sob a forma de edições repartidas em diferentes colecções: Obras Completas, Colecção Izvor (livro de bolso), Brochuras, Pensamentos Quotidianos, e também em suportes audiovisuais (cassetes audio e video).

Nenhum comentário: