contador de visitas

domingo, janeiro 03, 2010

Luar sem Paixão

(Repetindo, por oportuno.) - Sérgio Antunes de Freitas
Se Catulo fosse vivo,
cantaria diferente,
chamaria toda a gente
pra falar de sua vida
Sua terra em carne-viva,
Sua mata destruída.



Fonte:Kitnet

Nenhum comentário: