contador de visitas

sexta-feira, dezembro 11, 2009



"O ladrão que se infiltra numa multidão procurando o que pode roubar é quase um clarividente. Como se tivesse antenas, ele sente quais são as pessoas vigilantes, despertas, e aquelas que estão meio adormecidas. Esse indício, para ele, é a luz, pois do homem vigilante emana uma espécie de claridade e não é a um ser assim que o ladrão se dirige. Ele procura aqueles que estão a dormir de olhos abertos e apodera-se do seu porta-moedas ou da sua bolsa sem eles se aperceberem, porque, de facto, estão mergulhados numa espécie de escuridão.Da mesma forma, as entidades malfazejas do mundo invisível não atacam os seres em que sentem que há luz, pois sabem que serão imediatamente referenciadas e rechaçadas. Então, atenção! Se quereis estar protegidos de toda a espécie de ladrões, deveis manter sempre acesa em vós uma luz."

Omraam Mikhaël Aïvanhov

Nenhum comentário: