contador de visitas

segunda-feira, maio 23, 2011

“O ENVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO” (grafia de 1915, 11ª Edição em idioma Portuguez) Capítulo XIII NÃO SAIBA A VOSSA MÃO ESQUERDA O QUE DÁ A DIREITA A beneficencia 15. Meus caros amigos, ouço diariamente diser entre vós – “sou pobre, não posso praticar a caridade”, e todos os dias tambem vejo a falta de indugencia que há entre os vossos irmãos; nada lhes perdoaes e antes vos arvoraes muitas vezes em juízes severos, sem reflectir si ficarieis satisfeitos, caso vos fizessem outro tanto. A indugencia, por ventura, não é tambem caridade? Vós, que só podeis fazer a caridade pela indugencia, fasei-a com grandesa d’alma. No que respeita á caridade material, vou contar-vos uma historia do outro mundo: Dois homens acabavam de morrer. Deus havia dito que, emquanto elles vivessem, todas as suas boas acções deveriam ser reunidas em um sacco para serem pesadas por occasião da morte. Quando os dois homens regressaram á vida espiritual, Deus mandou traser os dois saccos. Um era grande e volumoso, e fasia ouvir, tinindo, o metal que o enchia; o outro era pequeno e tão transparente que nelle se podiam distinguir as poucas moedas ahi contidas. Ambos os homens reconheceram o sacco respectivo. “Está aqui o meu, disse o primeiro, bem o conheço; fui rico e dei muito.” “Está aqui o meu, disse o segundo, fui sempre pobre e quase nada tive para dar.” Mas, oh! Surpreza, sendo os dois saccos postos na balança, o volumoso tornou-se leve e o pequeno pesado, abaixando consideravelmente a concha da balança. Então Deus disse ao rico: Tu deste muito, é verdade, mas por ostentação, para ver o teu nome figurar em todos os templos erigidos ao orgulho, alem de que as tuas dádivas não te privaram de coisa alguma. Passa á esquerda e fica satisfeito com ser a tua esmola levada em conta de algum merecimento. Depois disse ao pobre: Tu, meu amigo, bem pouco deste, mas cada uma das moedas que estão sobre a balança representa uma das tuas privações. Si não deste esmolas, fizeste a caridade, e o que te ennobrece mais é que a praticaste naturalmente, sem pensar que te tomariam contas. Foste indulgente, não te arvoraste em juiz dos teus semelhantes e, ao contrario, escusavas todas as suas más acções. Passa á direita e vae receber a tua recompensa. (UM ESPIRITO PROTECTOR. – Lyon, 1861). ... Nota: O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO contendo a explicação das maximas moraes do Christo A sua concordancia com o Espiritismo e a sua aplicação ás diversas posições da vida Por ALLAN KARDEC “A fé inabalavel é sómente aquella que pode encarar a razão, face a face, em todas as épocas da humanidade”. ... Church of the Resurrection of Jesus Chisth

                  http://www.youtube.com/watch?v=MaTJyA-TLGs

Nenhum comentário: