contador de visitas

quarta-feira, janeiro 06, 2010

Folia de Reis - 06 de Janeiro
Gente vocês não imaginam que há muito tempo atrás, guiados por uma estrela, três homens chegaram à cidade de Belém, na Judéia, levando presentes para uma criança que nascera há poucos dias em um estábulo – o menino Jesus. Essa história antiga é encontrada na Bíblia e vem sendo passada de geração em geração. Hoje esse acontecimento é relembrado no dia 06 de janeiro, quando se comemora o Dia de Reis.
Imagem retirada do site www.ecoviagem.com.br
A Folia de Reis ou Reisado é uma festa religiosa de origem portuguesa que chegou ao Brasil no século XVIII. Em Portugal, em meados do século XVII, tinha a principal finalidade de divertir o povo, enquanto aqui no Brasil passou a ter um caráter mais religioso do que de diversão. Herdada dos colonizadores portugueses e desenvolvida no Brasil com características próprias, a Folia de Reis é uma manifestação de rara beleza e os preciosos versos são preservados de geração em geração por tradição oral.
No período de 24 de dezembro (véspera de Natal) a 6 de janeiro, Dia de Reis, um grupo de cantadores e instrumentistas percorrem toda a cidade entoando versos relativos à visita dos Reis Magos - Baltazar, Belchior e Gaspar - ao Menino Jesus.
Os personagens que compõem a folia somam 12 pessoas, todas trajando roupas bastante coloridas, sendo elas o mestre e contra-mestre, donos de conhecimentos sobre a manifestação e líderes dos foliões; além do palhaço, dos foliões e dos três reis magos. O palhaço, usando vestimentas coloridas, deve proteger o Menino Jesus confundindo os soldados de Herodes, sendo o seu jeito alegre e descontraído motivo para distração e divertimento dos assistentes; os foliões, geralmente homens simples e de origem rural, são os participantes da festa, dando exemplo grandioso através de sua cantoria de fé. Por sua vez, os três reis magos fazem uma viagem de esperança, certos de que ela os levará ao encontro de sua estrela. Ao som dos instrumentos musicais os foliões efetuam longas caminhadas levando a “bandeira”, um estandarte de madeira ornado com motivos religiosos.
Está vendo como a nossa cultura é interessante! As apresentações prendem a atenção de todos, crianças e adultos. É diversão garantida!
“A cultura está acima da diferença da condição social.” Confúcio

Nenhum comentário: