contador de visitas

segunda-feira, janeiro 11, 2010

http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=896600

Atrativos paraenses pouco mostrados aqui no SSCGastronomia, Cultura

Venha conhecer
E aí, galera?
Neste thread vou mostrar algumas das maiores identidades do povo paraense, motivos de orgulho.Na minha opinião, o paraense é um dos que mais valoriza as coisas do seu estado. Não é difícil encontrar pelas ruas alguém vestindo camisa com a estampa da bandeira do Pará ou com estampas de qualquer outra coisa relacionada ao nosso estado. Espero que gostem

De Renato Reis


Círio de Nazaré

A festa de Círio de Nazaré é a maior procissão católica do mundo, contando com o fabuloso número de 2,3 milhões de participantes. O Termo “Círio” tem origem na palavra latina “Cereus”, que significa vela grande e a procissão, a princípio era noturna, por isso era necessário o uso de velas. No ano de 1854 procissão passou a ser realizada de manhã.

É realizada em Belém do Pará no segundo domingo de outubro, cidade considerada "O Portal da Amazônia".

O Círio é uma expressão de fé, que adotada pelo povo brasileiro, exibe também apresentações de músicas e danças, nas quais se destaca a romaria dos fiéis. É uma festa religiosa onde se destacam o imenso círio, vela que é acesa durante a festividade na igreja, o Carro dos Milagres, a luxuosa berlinda- altar e os diversos elementos existentes na romaria portuguesa, como votos de cera, amortalhados e penitentes.
PRATOS TÍPICOS


A Culinária do Pará apresenta como sua maior influência a cultura indígena e, um pouco da portuguesa e africana. Os ingredientes básicos são oriundos da exuberante natureza da Amazônia, como camarão, caranguejo, marisco, peixe, aves, caça, pato, todos temperados com folhas (maniva, chicória, coentro), pimentas de cheiro e ervas. São cozidos em panelas de barro ou assados em moquéns e embebidos de tucupi. Comem-se até às larvas de insetos e ovos de diferentes aves. Servidos em cuias, em casulos de folhas de banana, em recipientes de barro e até em toscas urupemas dando um sabor agradabilíssimo aos pratos do Pará.* Pato no tucupi: Constituído de pato, tucupi e jambu. O tucupi é um caldo amarelo extraído da mandioca e por isso precisa ser cozido durante uma semana. O pato, depois de assado, é cortado em pedaços e fervido no tucupi, onde fica de molho por algum tempo. O jambu é fervido em água com sal, escorrido e posto sobre o pato. É servido com arroz branco e farinha de mandioca.


* Maniçoba Do tupi Maní, deusa da mandioca. Usa-se uma tipicamente uma panela de barro ou de porcelana. Prato de aspecto duvidoso(a aparência é ruim, mas o cheiro e o sabor são muito bons ), demora pelo menos uma semana para ser feito, pois a folha da maniva ( a planta da mandioca), depois de moída, deve ser cozida durante, pelo menos, quatro dias com a intenção de eliminar o ácido cianídrico que contém. Depois disso é acrescentado o charque, toucinho, bucho, mocotó, orelha, pé e costelas salgadas de porco, chouriço, lingüiça e paio, praticamente os mesmos ingredientes de uma feijoada completa. É servido com arroz branco, farinha d'água e pimenta de cheiro a gosto.

* Tacacá: De origem indígena, é um mingau quase líquido, servida em cuias e vendida pelas "tacacazeiras", geralmente ao entardecer, na esquina das principais ruas das cidades paraenses, sobretudo Belém. É contituído de uma mistura que leva tucupi, goma de tapioca cozida, jambu e camarão seco.(a melhor comida pra mim )Esse vídeo explica melhor o que é o Tacacá. Foi uma semana de reportagens especiais sobre a culinária paraense, que o Globo Rural fez há poucos meses atrás

* Vatapá: O vatapá paraense não leva peixe, nem amendoim, nem castanha-de-caju. Ao caldo da cozedura das cabeças e das cascas de camarão salgado perfumado com alfavaca, chicória, alhos e cheiro verde, adiciona-se farinha de trigo e/ou de arroz, obtendo-se um mingau. Acrescenta-se o leite de coco puro, camarões já fervidos e azeite de dendê.(Aqui no Pará são acrescentadas folhas de Jambú, que deixa a boca meio dormente, e também um pouquinho de tucupí)

Arroz Paraense(Nada mais é do que o arroz cozido com tucupí. Acrescenta-se folhas de jambú e alguns camarões. É uma delícia)

A seguir, algumas das frutas nativas paraenses:* Açaí(detesto ¬¬)O açaí é um alimento muito importante na dieta dos habitantes do Pará, onde seu consumo remonta aos tempos pré-coloniais. Hoje em dia é cultivado não só na Região Amazônica, mas em diversos outros estados brasileiros, sendo introduzido no resto do mercado nacional durante os anos oitenta e noventa, com modificações no modo de consumo.(Aqui no Pará ele muitas vezes substitui o almoço. Pode ser acompanhado de farinha de tapioca, farinha normal, peixe, charque, com ou sem açucar e até mesmo com camarão


Artezanato:

Alguns paraenses ilustres: (a título de curiosidade )dentre outros mais:
Eunice Baia (Atriz)
Rosamaria Murtinho

Dira Paes (Atriz)



Nenhum comentário: